12/03/2013

Significado dos dígitos do chassis dos veículos


Como decifrar o chassi do seu carro

Por trás da sequência de 17 números alfanuméricos estão guardadas muitas informações sobre seu veículo

Foto
O que parece uma simples sopa de letrinhas sem significado algum é na realidade o DNA do seu carro. Os 17 caracteres alfanuméricos que formam o chassi de um veículo o torna único em qualquer lugar do mundo. Tecnicamente conhecido como VIN (Identificação Numérica do Veículo),  essa sequência complicada de letras e números resguarda dados como país de origem, fabricante, ano de procedência e vários outras informações sobre seu automóvel.

Tudo fica mais simples quando os caracteres são divididos em três blocos:

+ O primeiro deles é chamado de WMI (Identificador de Fabricante Mundial). Formado pelos três primeiros dígitos do chassi, este bloco identifica em qual país o carro foi produzido e por qual montadora. O primeiro número aponta a região geográfica, sendo a América do Sul simbolizado pelos números 8 ou 9. Já o segundo dígito revela em que país o modelo foi desenvolvido. O Brasil é caracterizado de A a E e 3 a 9.

O terceiro número indica a fabricante do automóvel. A Volkswagen é a letra V e a Ford a letra F, por exemplo.

+ O segundo grupo é o VDS (Seção Descritiva do Veículo), formado por seis caracteres. Nele, as informações básicas do veículo são destrinchadas. Os seis dígitos se referem ao modelo do carro, tipo e tamanho da carroceria, sendo que cada fabricante tem seu código.

+ Já o último bloco é o VIS (Seção Indicadora do Veículo), que informa dados sobre a produção do veículo. O primeiro dígito revela o ano do modelo do automóvel, enquanto o segundo indica a cidade no qual ele foi fabricado. Os números restantes indicam o número de série do carro.

Curiosidades:

O último bloco do chassi, o VIS, é o mesmo grafado nos vidros do carro. Os dois números devem coincidir. Caso contrário, pode ser indicação de que o vidro tem procedência duvidosa. Para os veículos 2013, por exemplo, a sequência deve começar pela letra D.

Outra curiosidade é que as letras I, O e Q não podem ser usadas para identificar chassis. De acordo com a norma NBR 6066 de 2009 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), elas podem ser facilmente confundidas com outros caracteres.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Total de visualizações

Previsão do tempo