01/05/2012

Delegados de Polícia são pré-candidatos em Água Clara e Bataguassu

Delegado Ailton Pereira, escolhido pelo PMDB para concorrer eleições em Água Clara.
 
Dois delegados de Polícia pretendem administrar cidades e são pré-candidatos nas eleições municipais de 7 de outubro na região do Bolsão. Em Água Clara, o PMDB deve lançar o delegado Ailton Pereira Dias e, em Bataguassu, o delegado Pedro Arlei Caravina pretende disputar a Prefeitura pelo PSDB.
A pré-candidatura de Ailton Pereira Dias foi confirmada  nesta segunda-feira pelo deputado Eduardo Rocha, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, encarregado pelo governador André Puccinelli para fazer a articulação política e a interlocução partidária nos 10 municípios da região do Bolsão. Em Bataguassu, no entanto, o delegado Caravina disputará em oposição ao PMDB, que lançará o ex-deputado Akira Otsubo.
De acordo com o deputado Eduardo Rocha, além da pré-candidatura de Márcia Moura em Três Lagoas, num arco de alianças com 12 a 14 partidos, o PMDB já definiu a pré-candidatura de Akira Otsubo em Bataguassu; do delegado Ailton Pereira  em Água Clara; da vereadora Eurides Palhari Lins em Brasilândia; e apoio à reeleição do prefeito de Inocência, Antonio Angelo Garcia dos Santos (Toninho da Cofapi), que é do DEM. Em Selvíria, o pré-candidato apoiado pelo PMDB e aliados é Beto Kauás, irmão do ex-prefeito Acir Kauás.
Delegado Pedro Arlei Caravina, pré-candidato do PSDB à Prefeitura de Bataguassu. 

ALIANÇA COM O PT

Eduardo Rocha disse que o PMDB está ‘aberto’ a conversas e não descarta nenhuma legenda para compor chapa para as eleições de 7 de outubro. Segundo ele, até o PT seria bem-vindo no arco de alianças em Três Lagoas. “Não é impossível”, diz, ressalvando, no entanto, que a adversidade entre os dois partidos é muito grande, o que torna essa hipótese mais remota.
“Acredito que em Três Lagoas a campanha ficará mesmo polarizada entre Márcia Moura e o vereador Ângelo Guerreiro (PSD)”, disse Rocha, que nessa semana pretende avançar nas conversas e bater o martelo com os seis maiores partidos. O adversário Ângelo Guerreiro deve ter como candidato a vice o médico Marco Lúcio Trajano dos Santos (PT).
Não é o caso de Bataguassu, onde a aliança PMDB-PT está costurada e deve ser mantida em torno da pré-candidatura do ex-deputado Akira Otsubo. No município os papéis se inverteram - o PMDB encabeça a chapa e o PT, que detém a administração indicará o vice.
Em Santa Rita do Pardo, as conversas ainda prosseguem para ‘uma grande aliança’, que pode até resultar em candidatura única. “Sabemos que há três pré-candidatos, vamos fazer pesquisa qualitativa e quantitativa e tirar o melhor colocado”. As articulações seguem também para definição dos pré-candidatos em Aparecida do Taboado e Paranaiba

Fonte: (Perfilnews)
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Total de visualizações

Previsão do tempo